2016

Livros lidos em 2016, por ordem de leitura (dos mais antigos para os mais recentes) com links para aqueles que tiveram resenha no blog ou canal do Youtube. Estão apenas links para resenhas específicas dos livros, não há referência a mini-resenhas publicadas em retrospectivas do mês ou em posts temáticos. Livros com os títulos da edição lida. No caso de livro lido em língua estrangeira, o título traduzido se encontra entre parênteses.

Purple hibiscus, de Chimamanda Ngozi Adichie (Hibisco roxo)

Brooklyn, de Colm Toibín

O que deu pra fazer em matéria de história de amor, de Elvira Vigna

Ilness as a metaphor, de Susan Sontag (A doença como metáfora)

The white tiger, de Aravind Adiga (O tigre branco)

Como conversar com um fascista, de Márcia Tiburi

Peter Pan, de J.M. Barrie

E se Obama fosse africano?, de Mia Couto

24/7 Capitalismo tardio e os fins do sono, de Jonathan Crary

Expect more: demanding better libraries for today’s complex world, de David Lankes

A riqueza de poucos beneficia todos nós?, de Zygmunt Bauman

A máquina de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe

O filtro invisível: o que a internet está escondendo de você, de Eli Pariser

The yellow wallpaper, de Charlotte Perkins Gilman

São Bernardo, de Graciliano Ramos

Pensamento chão: poemas em prosa e verso, de Viviane Mosé

Um útero é do tamanho de um punho, de Angélica Freitas

Menino do mato, de Manoel de Barros

Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus

Comunidade, de Zygmunt Bauman

Outros cantos, de Maria Valéria Rezende

A nova arte de fazer livros, de Ulises Carrión

Olhos d’água, de Conceição Evaristo

Demolidor, de Frank Miller e Klaus Janson

The buried giant, de Kazuo Ishiguro (O gigante enterrado)

Ms. Marvel Vol.1: nada normal, G. Willow Wilson

Novíssimos X-Men Vol.1: X-Men de ontem, de Brian Michael Bendis

V de vingança, de Alan Moore

Everything is illuminated, de Jonathan Safran Foer (Tudo se ilumina)

Batman: ano um, de Frank Miller

Paper girls Vol.1, de Brian K. Vaughan

Locke & Key Vol.1: welcome to Lovecraft, de Joe Hill

Locke & Key Vol.2: head games, de Joe Hill

Locke & Key Vol.3: crown of shadows, de Joe Hill

Locke & Key Vol.4: keys to the kingdom, de Joe Hill

Locke & Key Vol.5: clockworks, de Joe Hill

Locke & Key Vol.6: alpha & omega, de Joe Hill

The unbeatable Squirrel Girl Vol.1: squirrel power, de Ryan North

Plutona Vol.1, de Jeff Lemire

The Vision Vol.1: little worse than a man, de Tom King

Sweet Tooth Vol.1: out of the deep woods, de Jeff Lemire

Sweet Tooth Vol.2: in captivity, de Jeff Lemire

A cultura da participação, de Clay Shirky

Gavião Arqueiro Vol.1: minha vida como uma arma, de Matt Fraction e David Aja

Pride and prejudice, de Jane Austen (Orgulho e preconceito)

Vozes de Tchernóbil, de Svetlana Aleksiévitch

Sweet Tooth Vol.3: animal armies, de Jeff Lemire

Death comes to Pemberley, de P.D. James (Morte em Pemberley)

Flush, de Virginia Woolf

O casaco de Marx, de Peter Stallybrass

Wanderlust: a history of walking, de Rebecca Solnit

O escultor, de Scott McCloud

Stoner, de John Williams

Sem lugar para se esconder: Edward Snowden, a NSA e a espionagem do governo americano, de Glenn Greenwald

We have always lived in the castle, de Shirley Jackson

E se eu fosse puta, de Amara Moira

A convidada do casamento, de Carson McCullers

A tree grows in Brooklyn, de Betty Smith

Niketche: uma história de poligamia, de Paulina Chiziane

Fried green tomatoes at the Whistle Stop Cafe, de Fannie Flagg

O país das mulheres, de Gioconda Belli

The namesake, de Jhumpa Lahiri (O xará)

Lady Susan, de Jane Austen